NotíciasVendas diretas

Hyundai divulga desconto de R$ 11.915 para HB20 Sense em agosto

A Hyundai está lançando uma promoção especial no mês de agosto, especificamente especificamente para pessoas com deficiência (PcD) que atendem aos requisitos da Receita Federal e da Secretaria Estadual da Fazenda. Essa promoção é válida apenas para o modelo HB20 Sense, e inclui um desconto de R$ 11.915 no preço final do automóvel.

Se você atende aos critérios e deseja saber mais detalhes sobre o programa de vendas voltado para clientes PcD, pode ir diretamente a uma concessionária autorizada da Hyundai. As vendas estão indo muito bem: só em junho, 6.420 unidades foram vendidas, e em julho, foram 12.126 unidades, somando um total de 47.025 veículos registrados ao longo de 2023.

hyundai hb20 1.0 12v flex limited manual wmimagem15573537777 O hatch possui diversos equipamentos e recursos que tornam a experiência de dirigir ainda mais completa e moderna. Outro ponto bem interessante do veículo é o custo-benefício, ou seja, o HB20 ainda oferece muitos equipamentos pelo seu preço
Foto: Divulgação/New Hyundai

A versão Sense 1.0 em relação à motorização está equipada com o conjunto mecânico 1.0 flex aspirado. Este motor é capaz de gerar 80 cavalos de potência (cv) com etanol e 75 cv com gasolina. O veículo possui um câmbio manual de 5 marchas, e o torque é de 10,2 kgfm quando abastecido com etanol e 9,4 kgfm com gasolina.

Segundo os dados do Inmetro, o consumo médio da versão Sense 1.0 é de 9,1 km/l com etanol e 12,8 km/l com gasolina em percursos urbanos. Já em percursos rodoviários, a média de consumo é de 10,1 km/l com etanol e 14,6 km/l com gasolina. O veículo é capaz de atingir uma velocidade máxima de 161 km/h, e acelerar de 0 a 100 km/h em 14,5 segundos.

O Hyundai HB20 Sense é equipado com várias funcionalidades. Inclui um rádio integrado ao painel com conexão Bluetooth®, permitindo streaming de áudio e acesso a agenda e histórico de chamadas, além de um MP3 player. O carro também possui dois alto-falantes dianteiros, uma entrada USB do tipo A e um painel de instrumentos com uma tela TFT LCD de 3,5″.

No quesito segurança, o veículo vem com airbag de cortina, airbag frontal duplo e airbag lateral de tórax. Além disso, inclui assistente de partida em rampa (HAC), controle de estabilidade (ESP), controle de tração (TCS), exame de luz diurna (DRL), sistema de fixação ISOFIX com top tether para a cadeirinha de bebê, e freios ABS com EBD. Há também sinalização de frenagem de emergência (ESS) para aumentar a segurança.

No que se refere ao conforto, o carro vem com ar-condicionado, bancos revestidos em tecido preto e direção elétrica progressiva. Também inclui piloto automático e limitador de velocidade, o que torna a condução mais cômoda e controlada.

Preço do Hyundai HB20 Sense PcD em agosto de 2023

ConfiguraçãoPreço geralPreços para PcDDescontos
Sense 1.0R$ 82.290R$ 70.376,22R$ 11.915

As pessoas que têm deficiências formam um grupo variado, englobando pessoas com diferentes limitações físicas, sensoriais e intelectuais. Quando se trata da venda de carros, é importante levar em conta tanto os indivíduos que dirigem seus próprios veículos quanto os que possuem um representante legal autorizado para conduzi-los.

Existem benefícios específicos para essas pessoas na compra de um carro:

  • Motoristas com deficiência têm direito a isenção de vários impostos, como IPI, IOF, ICMS e IPVA.
  • As pessoas com deficiência que não dirigem têm direito a isenções de IPI e ICMS.

Para que um cliente com deficiência possa obter isenções de ICMS e IPI diretamente da montadora (IPI + ICMS), ele precisa escolher um carro fabricado localmente (ou no Mercosul) com um preço máximo de R$ 70.000,00, já com os impostos inclusos . Isso garante as isenções de ICMS e IPI. Se o valor do carro estiver entre R$ 70.001 e R$ 100.000, a pessoa com deficiência pagará o ICMS proporcional ao valor que excede os R$ 70.000. Além disso, há um limite de R$ 200.000,00, com impostos inclusos, para a aplicação específica da lona do IPI.

A isenção de IPI pode ser solicitada a cada três anos, e de ICMS a cada quatro anos, tendo como referência a data da emissão da Nota Fiscal do veículo.

No entanto, se o cliente decidir vender o carro destinado a pessoas com deficiência antes dos períodos citados, será necessário pagar integralmente os impostos dos quais ele foi previamente isento.

Josean Santos

Josean Belo dos Santos é um estudante de jornalismo e graduado em História pela UFPI. Ele possui ampla experiência no setor automotivo, iniciando sua trajetória em 2008. Além disso, atuou como colaborador em alguns dos principais sites do Brasil.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo