Notícias

Carros mais vendidos até o dia 26 de julho de 2022

O mercado nacional de carros e comerciais leves anda muito agitado esses dias, Volkswagen Gol vendeu 8.575 unidades e continua na liderança isolada dentre os carros mais vendidos do Brasil até o dia 26 de desse correte mês.

O novo Chevrolet Tracker 2022 é a atual aposta da marca norte-americana para o segmento de SUVs compactos e também o modelo mais barato da empresa na sua linha de utilitários-esportivos vendeu 4.851 unidades, ficando a frente da do Hyundai Creta que emplacou 4.045, Fiat Pulse 3.731 e Nissan Kicks que vendeu 3.541 unidades.

Entre os sedãs compactos, o Chevrolet Onix Plus com 6.047 unidades, lidera com folga em relação ao segundo colocado Fiat Cronos que emplacou 3.407.

critica volkswagen gol msi tiptronic O mercado nacional de carros e comerciais leves anda muito agitado esses dias, Volkswagen Gol vendeu 8.575 unidades e continua na liderança isolada dentre os carros mais vendidos do Brasil até o dia 26 de desse correte mês.
Foto: Reprodução/Internet

Confira o ranking dos 24 veículos mais vendidos até o dia 26 de julho 2022

  1. VW Gol – 8.575
  2. Fiat Strada – 7.915
  3. Chevrolet Onix – 6.662
  4. Chevrolet Onix Plus – 6.047
  5. Chevrolet Tracker – 4.851
  6. Hyundai Creta – 4.045
  7. Fiat Pulse – 3.731
  8. Nissan Kicks – 3.541
  9. Fiat Toro – 3.533
  10. Jeep Compass – 3.456
  11. Fiat Cronos – 3.407
  12. Fiat Argo – 3.271
  13. Toyota Hilux – 3.261
  14. Jeep Renegade – 3.228
  15. Hyundai HB20 – 3.174
  16. Toyota Corolla – 3.125
  17. VW Voyage – 3.124
  18. VW T-Cross – 2.828
  19. Fiat Mobi – 2.767
  20. Toyota Corolla Cross – 2.767
  21. Renault Kwid – 2.503
  22. VW Nivus – 2.299
  23. Honda City – 1.824
  24. Chevrolet S10 – 1.670

Josean Santos

Josean Belo dos Santos é um estudante de jornalismo e graduado em História pela UFPI. Ele possui ampla experiência no setor automotivo, iniciando sua trajetória em 2008. Além disso, atuou como colaborador em alguns dos principais sites do Brasil.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo