Notícias

Carros mais vendidos até dia 6 de junho de 2024

O Hyundai HB20 segue na liderança com folga no ranking geral dos carros mais vendidos, com o VW Polo em segundo lugar e a Fiat Strada em terceiro

O Hyundai HB20 começa o mês de junho na liderança geral do ranking dos carros mais vendidos no mercado automotivo nacional. Até o dia 6 de junho, o hatch já havia emplacado 4.073 unidades, posicionando-se 2.227 unidades à frente do vice-líder, o VW Polo, que vendeu 1.846 unidades.

O hatch da marca alemã terminou em segundo lugar entre os carros mais vendidos de maio de 2024, com 8.484 unidades comercializadas. No mês de abril, o Polo encerrou como líder do ranking geral, com 12.434 unidades vendidas.

Volkswagen Polo TSI 2025
Foto: Reprodução/Alta Veículos São Paulo, SP

Na terceira posição, a Fiat Strada teve até o momento 1.802 unidades comercializadas. É importante lembrar, que a Fiat Strada terminou na liderança do ranking dos carros mais vendidos no mercado automotivo nacional em maio de 2024, abrindo uma vantagem de 2.489 unidades para o vice-líder. De acordo com informações da Fenabrave, a picape fabricada em Betim-MG registrou a venda de 10.973 unidades durante o período.

O Chevrolet Onix, que enfrentou grandes dificuldades devido às calamidades no Rio Grande do Sul, teve sua produção interrompida durante o mês de maio. No entanto, iniciando o mês de junho, o veículo conseguiu atingir a quarta posição no ranking de vendas, com 1.672 unidades.

O Hyundai Creta ocupa a quinta posição geral, com 1.553 unidades emplacadas, destacando-se como líder no segmento dos SUVs. Na sexta posição, o Chevrolet Tracker conseguiu emplacar 1.438 unidades, destacando-se como o segundo SUV mais vendido. O Chevrolet Onix Plus já aparece na sétima posição, com a venda de 1.270 unidades.

Carros mais vendidos em maio de 2024
Foto: Divulgação/Fiat Amazonas Analia Franco

Logo em seguida, na oitava posição, está o VW Nivus, com 1.195 unidades registradas. Logo depois, encontramos o VW T-Cross, que teve 1.175 unidades registradas. Finalmente, o Fiat Cronos aparece na décima posição, com 1.109 unidades vendidas.

Ranking dos carros mais vendidos em junho de 2024:

PosiçãoModelosVendas
1Hyundai HB204.073
2VW Polo1.846
3Fiat Strada1.802
4Chevrolet Onix1.672
5Hyundai Creta1.553
6Chevrolet Tracker1.438
7Chevrolet Onix Plus1.270
8VW Nivus1.195
9VW T-Cross1.175
10Fiat Cronos1.109
11Nissan Kicks1.100
12Fiat Toro1.059
13Hyundai HB20S1.044
14Toyota Corolla Cross928
15Fiat Argo916
16Honda HR-V868
17Fiat Fastback780
18Toyota Hilux779
19Fiat Mobi719
20Jeep Renegade711
21Toyota Corolla702
22Fiat Pulse642
23Ford Ranger597
24Chevrolet S10580
25Caoa Chery Tiggo 5X547
Ranking dos 25 carros mais vendidos do Brasil produzido pelo Fipe Carros, com dados da Fenabrave.

Principais características dos carros mais vendidos

Hyundai HB20

O Hyundai HB20 possui duas opções de motores. Nas versões de entrada, ele vem com um motor 1.0 Kappa aspirado de três cilindros. Esse motor oferece 75 cv de potência na gasolina e 80 cv sem etanol, ambos a 6.000 rpm. A transmissão é manual de cinco velocidades, e o torque é de 9,4 kgfm com gasolina e 10,2 kgfm com etanol.

Segundo informações do Inmetro, o consumo médio do carro é de 9,1 km/l com etanol e 12,8 km/l com gasolina em trajetos urbanos. Já em trajetos rodoviários, a média de consumo é de 10,1 km/l com etanol e 14,6 km/l com gasolina.

Já os modelos topo de linha são sofisticados com o motor 1.0 Turbo GDI, que oferece 120 cv de potência a 6.000 rpm e 17,5 kgfm de torque, tanto com gasolina quanto com etanol.

De acordo com informações do Inmetro, o consumo médio do hatch é de 9,2 km/l com etanol e 13,2 km/l com gasolina em trajetos urbanos. Em trajetos rodoviários, a média de consumo é de 10,9 km/l com etanol e 15,1 km/l com gasolina.

VW Polo

O Volkswagen Polo apresenta três opções de motores. Entre as opções de motor, estão o MPI, 1.0 TSI e 1.4 TSI, enquanto as escolhas de transmissão incluem uma manual de cinco marchas e outra automática de seis marchas.

As versões de entrada são impulsionadas pelo motor 1.0 MPI, oferecendo uma potência de 84 cv e um torque máximo de 10,3 kgfm. Por outro lado, o motor TSI oferece uma potência mais robusta de 116 cv e um torque de 16,8 kgfm.

A variante topo de linha, GTS, é equipada com o motor 1.4 TSI, oferecendo uma potência máxima de 150 cv a 5.000 rpm e um torque máximo de 25,5 kgf.m a 1.500 rpm. Além disso, possui uma aceleração de 0 a 100 km/h em 8,4 segundos e uma velocidade máxima de 206 km/h.

Fiat Strada

A Fiat Strada continua oferecendo duas opções de motorização na linha 2025. Primeiramente, as versões de entrada do modelo são equipadas com o motor 1.3 GSE Flex. Este propulsor possui uma cilindrada de 1.332 cm³, configurado com 4 cilindros em linha e 8 válvulas.

Em termos de desempenho, o motor entrega uma potência máxima de 107 cv com etanol a 6.250 rpm e 98 cv com gasolina a 6.000 rpm. Além disso, o torque máximo fornecido é de 13,7 kgf.m com etanol a 4.000 rpm e 13,2 kgf.m com gasolina a 4.250 rpm.

Além disso, a Fiat Strada nas versões com motorização 1.3 GSE Flex oferece um desempenho interessante no consumo de combustível. Na cidade, ela apresenta um consumo de 9,3 km/l com etanol e 13,1 km/l com gasolina. Em trajetos rodoviários, a eficiência é ligeiramente melhor: 10,0 km/l com etanol e 14,2 km/l com gasolina.

Por outro lado, nas versões mais sofisticadas, a Fiat Strada vem equipada com o motor 1.0 T3 GSE Flex. Este propulsor oferece uma potência máxima de 130 cv com etanol e 125 cv com gasolina, ambos atingidos a 5.750 rpm. O torque máximo é de 20,4 kgf.m, disponível já a 1.750 rpm, garantindo uma resposta ágil e eficiente nas acelerações.

Ademais, nas versões equipadas com o motor 1.0 turbo, a Fiat Strada demonstra um consumo de combustível na cidade de 8,3 km/l com etanol e 12,1 km/l com gasolina. Em trajetos rodoviários, o consumo é ligeiramente melhor, alcançando 9,4 km/l com etanol e 13,2 km/l com gasolina.

Chevrolet Onix

O Chevrolet Onix apresenta duas opções de motorização. Inicialmente, temos o motor 1.0 Flex, que é capaz de entregar uma potência máxima de 82 cv quando abastecido com etanol e 78 cv com gasolina, alcançando esses valores a 6.400 rpm.

Por outro lado, existe também as versões equipada com o motor 1.0 Turbo Flex, destacando-se por oferecer uma potência mais elevada de 116 cv a 5.500 rpm.

Hyundai Creta

O Hyundai Creta disponibiliza uma variedade de opções de motores em sua mecânica. Para começar, na versão básica, a Action 1.6 AT, é equipado com um motor 1.6, que fornece 130 cv de potência e 16,5 kgf.m.

Seguindo adiante, nas versões intermediárias, está o motor 1.0 turbo GDI. Este motor é capaz de produzir 120 cv de potência e 17,5 kgf.m de torque, trabalhando em conjunto com uma transmissão automática de seis marchas.

Por último, nas versões premium, como a Ultimate 2.0 AT e a N Line Night Edition 2.0 AT, o motor destacado é o 2.0 aspirado, entregando 167 cv e um torque de 20,6 kgf.m. Assim como nas outras versões, essas também vêm com transmissão automática de seis marchas.

Chevrolet Tracker

O Chevrolet Tracker 2025 vem com duas opções de motor turbo. Nas versões AT 1.0 Turbo, LT 1.0 Turbo e LTZ 1.0 Turbo, debaixo do capô, encontramos o Motor: 1.0 Turbo Flex. Com três cilindros em linha, 12 válvulas e uma cilindrada de 999 cm³, este modelo entrega uma potência máxima de 116 cv (E) e 116 cv (G) a 5.500 rpm, com torque máximo de 16.8 kgf.m (E) e 16.3 kgf.m (G) a 2.000 rpm. Alcança uma velocidade máxima de 198 km/h e possui uma transmissão automática de 6 velocidades, com a opção de troca manual.

De acordo com dados fornecidos pelo Inmetro, o Chevrolet Tracker, equipado com esse conjunto, registra índices de consumo de combustível de 8.2 km/l (etanol) e 11.9 km/l (gasolina) em condições de condução urbana. Em contrapartida, em trajetos rodoviários, esses números aumentam para 9.6 km/l (etanol) e 13.7 km/l (gasolina).

Por outro lado, nas versões RS 1.2 Turbo e Premier 1.2 Turbo, o Chevrolet Tracker 2025 é equipado com o Motor: 1.2 Turbo Flex. Com três cilindros em linha, 12 válvulas e uma cilindrada de 1.200 cm³, este modelo oferece uma potência máxima de 133 cv (E) e 132 cv (G) a 5.500 rpm, juntamente com um torque máximo de 21.4 kgf.m (E) e 19.4 kgf.m (G) a 2.000 rpm. Sua velocidade máxima também é de 198 km/h e possui uma transmissão automática de 6 velocidades, com a opção adicional de troca manual de marchas.

Conforme dados fornecidos pelo Inmetro, o Chevrolet Tracker equipado com esse conjunto mecânico demonstra eficiência em consumo de combustível. Na cidade, registra médias de 7.2 km/l (etanol) e 10.4 km/l (gasolina), enquanto em estradas, esses números sobem para 9.2 km/l (etanol) e 13.2 km/l (gasolina).

Chevrolet Onix Plus

O Chevrolet Onix Plus apresenta duas opções de motorização. Inicialmente, temos o motor 1.0 Flex, que é capaz de entregar uma potência máxima de 82 cv quando abastecido com etanol e 78 cavalos com gasolina, alcançando esses valores a 6.400 rpm.

As versões mais caras são equipadas com o motor 1.0 Turbo Flex, destacando-se por oferecer uma potência mais elevada de 116 cavalos a 5.500 rpm.

VW Nivus

O Volkswagen Nivus é equipado com o propulsor 1.0 TSI flex de três cilindros, que oferece uma potência de 116 cv com gasolina e 128 cv com etanol. O torque é de 20,4 kgfm com ambos os combustíveis, e ele está associado a uma transmissão automática Tiptronic de seis velocidades.

VW T-Cross

O Volkswagen T-Cross 2025 mantém as duas opções de motores. Nas versões de entrada, é utilizado o propulsor 1.0 TSI flex de três cilindros, que oferece uma potência de 116 cv com gasolina e 128 cv com etanol. O torque é de 20,4 kgfm com ambos os combustíveis, e ele está associado a uma transmissão automática Tiptronic de seis velocidades.

or outro lado, a configuração Highline 250 TSI conta com um motor 1.4 TSI flex de quatro cilindros, capaz de atingir até 150 cv de potência. Além disso, essa versão também vem equipada com uma transmissão automática de seis marchas.

Num futuro próximo, o Volkswagen T-Cross está programado para receber um novo tipo de motor. Trata-se do 1.5 TSI Evo2, uma evolução do atual motor 1.4 TSI, presente na versão topo de linha Highline.

Esse novo propulsor será acoplado a uma transmissão DSG automática de dupla embreagem com sete marchas e caixa banhada a óleo. Além disso, há planos para sua versão eletrificada, com possíveis variantes híbridas leves (MHEV) de 48V.

O Fipe carros também disponibiliza a lista diária dos carros mais vendidos no mercado automotivo nacional.

Josean Santos

Josean Belo dos Santos é um estudante de jornalismo e graduado em História pela UFPI. Ele possui ampla experiência no setor automotivo, iniciando sua trajetória em 2008. Além disso, atuou como colaborador em alguns dos principais sites do Brasil.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo